JUVENTUDE

 

A nossa juventude tem sido deixada ao abandono, é urgente e necessário alterar a forma como o Estado se relaciona com ela.

Deve existir um maior conhecimento da juventude, criando políticas que permitam assegurar as suas reais necessidades e, ao mesmo tempo, criar condições para a sua emancipação ser feita mais cedo.

Não podemos tolerar que os jovens sejam sistematicamente utilizados como garantia de trabalhadores precários para quem os contrata.

Deve ser mais apoiado e incentivado o acesso à cultura e às novas tecnologias pelos jovens. 

  • Garantir apoio ao alojamento aos estudantes universitários dentro da área do estabelecimento de ensino, a todos que tenham residência fora do concelho do mesmo.
  • Proibição de estágios não remunerados ou abaixo do salário mínimo.
  • Criação de um programa de Cidadania ao longo da vida e no Ensino Universitário.
  • Garantir apoios à mobilidade interna e dentro da União Europeia.
  • Combater o abandono escolar e incentivar o sucesso escolar através da implementação de medidas de incentivo à aprendizagem.
  • Criar um Cartão Cultura com acessos gratuitos a eventos culturais e museus. 
  • Criar condições para que os jovens não necessitem de emigrar e para regressarem a Portugal.